Espaço Maria Guerreiro

Página em homenagem a eterna Maria Guerreiro!


"É tão estranho os bons morrem antes..." Assim antecipou o saudoso Renato Russo, acerca da brevidade de permanência daqueles a quem amamos. Nós completamos a ideia dizendo que "mesmo a razão lembrando que o caminho é único e inevitável a todos, nunca se é grande demais para compreendê-lo sem que o coração se comprima e o sentimento de "querer ter e estar", prevaleça.

Mas afinal, se o que vale é a qualidade da permanência e não o tempo em si, então podemos afirmar que Socorro Guerreiro se fez permanente. Ela soube SER muito mais do que apenas ESTAR entre nós.

A lacuna aberta é muito grande. Seja para quem desfrutou de muito ou pouco tempo de sua companhia. Aliás, essa foi uma diferença, pois desde o primeiro contato já bastava para AMAR ou Odiar o jeitão único dela, ou seja, passar sem se marcar, jamais!

Ainda que tentemos defini-la é tarefa difícil, posto que foi múltipla até o fim. Do salto alto ao chinelo; do vinho fino à boa gelada; do bom e velho camarão, ao requintado caviar. A tudo se adequava e em tudo imperava.

E assim levou-se pela vida. Colhendo louros, semeando uma invejável fé na vida e erguendo-se quando diante das muitas pedras do caminho. De fato, a vida não lhe foi fácil, mas soube carregar a bandeira de seu nome "guerreira" com muita parcimônia e altivez, fazendo-nos ver que, o verdadeiro guerreiro nunca foge às lutas. E ela foi sim, aguerrida até o final.

Oxalá, muitos consigam absorver a lição de que "é possível ir além das próprias limitações, quando se tem gana pela vida". O fardo foi deveras pesado, mas o soube erguer impetuosa e, com a elegância de quem entendeu que reclamar não resolve problema, então seguir em frente poderia aveludar a estrada.

A cada um de nós, seus amigos, ficam os conselhos, a fé invejável e a companhia gostosa. A risada escandalosa que parecia explodir da alma e às vezes assustava, contagiava e, em outras tantas, até incomodava!

É isso que desejamos guardar! A presença-ausente, que se reconhecerá em cada orquídea de um jardim... numa boa taça de espumante... naquele salto aposentado... nas tantas tiradas que tão bem a definiram.

Descanse! Você merece isso. Olhe por nós se puder, como sempre disse que faria. E, quando um dia nos reencontrarmos, a gente reaviva a saudade.

E, nas palavras do gênio Sêneca, que diz: "Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida", guardemos a passagem de nossa amiga, na presença de cada um que aqui está e, em especial, no carinho que persistirá guardado em nós.

De seus amigos (Família GPC).



Memorial - Escola GPC


Missa de 7º Dia

Agradecemos a presença de todos os amigos, professores e demais funcionários de nossa escola, na missa de 7º dia de falecimento da nossa querida Maria do Socorro Pereira Guerreiro. Sabemos que a oração eleva o espírito e nos dá força e coragem para superar os momentos de difícil reparação.

A direção.